Rio Branco, Acre,





Unimeta apresenta facilidades para cursar a graduação


Entre as vantagens estão as bolsas de até 100% que podem ser alcançadas através da nota no Vestibular Agendado ou da nota do Enem

ASCOM

O curso de graduação pode levar de dois a seis anos em média. Na Unimeta Centro Universitário, as opções são carreiras com quatro a cinco anos de formação, e para isso, o candidato pode escolher entre as áreas de Saúde, Humanas, Sociais, Negócios, Engenharias e Arquitetura.

Para iniciar o curso, basta fazer o Vestibular Agendado, pedir transferência de outra Instituição de Ensino Superior que já esteja cursando, ou usar a nota do Enem para ingressar em um dos cursos disponíveis, desde que o candidato tenha o Ensino Médio completo ou esteja finalizando o grau.

Na Unimeta, o próximo passo é escolher entre os mais de 10 benefícios para pagar a graduação. São diversas facilidades que podem auxiliar o candidato no momento de custear o sonho profissional.

Entre as vantagens estão as bolsas de até 100% que podem ser alcançadas através da nota no Vestibular Agendado ou da nota do Enem, para novos ingressantes, exceto no curso de Direito.

Mas, além delas, ainda estão disponíveis descontos por idade, transferência, reingresso, parentesco e convênio entre empresas. Para conhecer os descontos e saber mais sobre os regulamentos, é só acessar o site: vestibularathenas.com.br

A Unimeta é a melhor instituição de ensino superior do Acre, com conceito 4 no Índice Geral de Cursos – IGC, pelo Ministério da Educação. O IGC do MEC é o indicador de qualidade que avalia as Instituições de Educação Superior de forma mais completa. Para comparar, é só acessar: http://emec.mec.gov.br/ em Consulta Avançada.

Fique por dentro dos + de 10 benefícios diferentes à sua escolha

Vestibular 2019.2: inscrições abertas

Bolsas de até 100% de desconto

Informações: vestibularathenas.com.br

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também