Rio Branco, Acre,





Julgamento de Calegário por compra de votos nas eleições é retirado da pauta do TRE


O deputado foi denunciado pela Procuradoria Regional Eleitoral do Acre por corrupção eleitoral

LAMLID NOBRE, DO CONTILNET

O processo de cassação do deputado estadual Fagner Calegário que estava marcado para ser julgado nesta terça-feira (11) pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) foi retirado de pauta pelo relator, juiz federal Herley da Luz Brasil, sem nova data ainda para acontecer, segundo informou a Assessoria de Comunicação do tribunal.

Fagner Calegário /Foto: Reprodução

Fagner Calegário foi denunciado pela Procuradoria Regional Eleitoral do Acre por corrupção eleitoral – compra de votos nas eleições estaduais de 2018. A representação do Ministério Público Eleitoral fundamenta-se no artigo 41-A da Lei das Eleições com pedido de cassação do registro e do diploma.

À imprensa, Calegário afirmou estar tranquilo quando ao processo e ao resultado do julgamento. “Tive a oportunidade de apresentar minha defesa e no momento certo vou trazer tudo a público. Eu acredito na Justiça e estou confiante no resultado positivo.”, disse.

Eleito pelo PV com 3.731 votos, Calegário se desfiliou da sigla recentemente e permanece sem partido.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também