Rio Branco, Acre,





Jorge Sampaoli, técnico do Santos, é absolvido em julgamento no STJD


Treinador poderia ter levado gancho por expulsão em jogo contra o Vasco na Copa do Brasil

GLOBO ESPORTE

O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) absolveu o técnico do Santos, Jorge Sampaoli, em julgamento nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro, pela expulsão na partida contra o Vasco, no dia 24 de abril, em jogo válido pela volta da quarta fase da Copa do Brasil.

Livre da punição, Sampaoli perderá, por conta da suspensão automática, apenas uma partida do Santos, o primeiro das oitavas de final da Copa do Brasil – o adversário do Peixe é o Atlético-MG. O jogo de ida, em Belo Horizonte, será no dia 15 de maio. A volta, na Vila Belmiro, será disputada em 6 de junho.

Jorge Sampaoli em julgamento no STJD — Foto: Gabriela Moreira

Sampaoli foi expulso por exagerar nas reclamações no jogo contra o Vasco, a partida de volta da quarta fase da Copa do Brasil, no último dia 24 de abril. O Santos foi derrotado por 2 a 1, mas avançou às oitavas de final.

O argentino foi denunciado por invadir o campo de jogo e por ofender a arbitragem. O primeiro artigo prevê pena de até três jogos de suspensão, enquanto o segundo pode causar punição de até seis partidas.

Sampaoli se explicou no tribunal:

– Primeiro, é minha característica como treinador, sou uma pessoa que se move muito. Não sei se reclamando com o árbitro, mas reclamo muito com meus jogadores e acabo saindo da área (reservada) – disse Sampaoli.

– Fui depois do jogo ao vestiário do árbitro. Estou começando a minha carreira no Brasil, estou tentando procurar um ponto de equilíbrio na relação – completou.

No último domingo, o Santos empatou com o CSA em Maceió pela terceira rodada do Brasileiro. O elenco folga nesta segunda e terça e se reapresenta na quarta. O time volta a entrar em campo no próximo domingo, quando recebe o Vasco no Pacaembu pela quarta rodada do torneio.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também