Rio Branco, Acre,





Joelma perdoou o ex-marido, Ximbinha, com ajuda de pastora: ‘Sete dias de jejum’


Em outro momento, Joelma já sentiu medo de Ximbinha por ter sofrido agressões

POP NOTÍCIAS

Separada do guitarrista desde 2015, a cantora contou em recente entrevista que fez o jejum para eliminar os sentimentos ruins: ‘Ela disse para eu fazer sete dias de jejum, e no final de cada jejum apresentar um copo com água, porque a água na Bíblia representa o Espírito Santo. E falou que quando eu tomasse essa água, dizer assim: ‘Deus, que essa água, que representa o Espírito Santo, amoleça o mal que está dentro de mim, que está petrificado dentro de mim’.

Joelma voltou a desabafar sobre seu fim de casamento conturbado com Ximbinha. Em entrevista ao canal do jornalista Raphael Acioli, no Youtube, a loira revelou ter passado por um processo nada fácil para conseguir liberar o perdão ao músico. “Já perdoei. Foi difícil porque eu lembro que comecei a sentir muita coisa ruim dentro de mim, e eu disse para Deus que precisava perdoar e pedi ajuda, porque eu não conseguia. Fiquei três noites de joelhos chorando e disse: ‘eu não quero isso dentro de mim porque está me fazendo mal'”, iniciou a loira, que passou recentemente por uma harmonização facial.

Joelma e Ximbinha/Foto: Reprodução

CANTORA EXPLICA PROCESSO DE JEJUM PARA PERDOAR O EX

Com ordem de restrição contra o ex, Joelma ainda relembra que precisou ficar sem comer para esquecer o passado com o guitarrista. “Recebi uma mensagem de uma pastora de Belém. Ela disse para eu fazer sete dias de jejum, e no final de cada jejum apresentar um copo com água, porque a água na Bíblia representa o Espírito Santo. E falou que quando eu tomasse essa água, dizer assim: ‘Deus, que essa água, que representa o Espírito Santo, amoleça o mal que está dentro de mim, que está petrificado dentro de mim’. E assim eu fiz. No sétimo dia eu consegui perdoar, graças a Deus”, disse. Separados desde 2015, a cantora e Ximbinha são pais de Yasmin e Yago, que não possuem boa relação com o artista.

JOELMA SOFREU AGRESSÃO DE XIMBINHA: ‘NÃO ERA PRA ESTAR VIVA HOJE’

Em outro momento, Joelma já sentiu medo de Ximbinha por ter sofrido agressões. “Eu estou viva, é porque um cantor que trabalhava junto comigo me tirou da mão da pessoa na hora. Porque não era nem para eu estar viva hoje. A minha vida estava tão ligada e amarrada ao meu casamento. Eram o meu trabalho, a minha família, os meus sentimentos de mulher, tudo entrelaçado. Era tão preso, tão amarrado, que era quase impossível separar. De repente tudo desaba. Arrancaram as minhas forças, eu me sentia como se fosse um zumbi. Mas eu pensei: ‘eu preciso me levantar’. Eu não podia aceitar aquela situação”, disse. Segundo ela, a força para seguir em frente veio de sua mãe: “Hoje me sinto plena. Me sinto completa. Hoje ninguém vai me impedir de ser feliz. A minha mãe me ensinou a ser independente. Ela criou sete filhos sozinha. Meu pai saiu de casa quando e tinha 8 anos. Ele saiu para trabalhar e nunca mais voltou. A força dela é muito maior que a minha”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também