Rio Branco, Acre,





Greve geral contra cortes promete paralisar educação básica e superior do Acre na quarta-feira


Paralisações são contra cortes anunciados para a educação e medidas do atual governo

TON LINDOSO, DO CONTILNET

Dentro dos próximos dias, o Brasil pode ser palco de grandes paralisações. Isso porque na próxima quarta-feira (15) acontece em vários estados brasileiros a greve nacional da educação contra o corte de verbas na educação e em defesa da aposentadoria.

 

Informações preliminares dão conta, também de uma greve geral da classe trabalhadora, no dia 14 de junho, pela aposentadoria e por empregos/Reprodução

No Acre, a previsão é de que haja greve geral com ato público em Rio Branco. O Secretário-Geral da CUT, Sérgio Nobre, abriu a reunião falando sobre a importância da união das entidades sociais na construção da resistência contra a reforma da Previdência, por mais empregos decentes e a favor da educação pública e de qualidade para todos e todas.

Leia mais: Ufac será ocupada pelos estudantes por 24 horas no próximo dia 15 de maio

“O corte do orçamento na educação, anunciado no fim do mês pelo governo do Bolsonaro, engrossou ainda mais a mobilização da classe trabalhadora para o dia 14 de junho contra a reforma da Previdência”, disse Sérgio, que completou: “as centrais estarão juntas com todo setor da educação no dia 15 de maio, em cada canto deste país, para resistir contra esse ataque à educação.”

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também