Rio Branco, Acre,





Governador determina que Secretário de Educação dialogue com diretores e professores


Gladson Cameli reafirmou seu compromisso com a Educação, e reiterou a missão com alunos e pais

REDAÇÃO CONTILNET

Por determinação do governador Gladson Cameli, o secretário de Estado da Educação, Mauro Sérgio, viajou nesta segunda-feira, 20, para Cruzeiro do Sul onde se reuniu com gestores da Educação.

Na oportunidade, professores, diretores e funcionários apresentaram as propostas para resolver a questão da suspensão temporária das aulas no município.

De acordo com os gestores da Educação, não havia nas escolas material de higienização e limpeza, merendeiras e serventes suficientes para prestação dos serviços necessários e, ainda, funcionários de empresas terceirizados estavam com salários atrasados.

O governo do Estado se comprometeu a atender as demandas propostas pelo Conselho de Gestores das Escolas Públicas Estaduais de Cruzeiro do Sul (Cogep) desde que estejam de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal. Durante a reunião foram dialogados com a categoria as medidas prioritárias para este momento.

Gladson Cameli/Foto: Ascom

Gladson Cameli reafirmou seu compromisso com a Educação, e reiterou a missão com alunos e pais. “É prioridade estabelecer o diálogo com as pessoas para que possamos melhorar a qualidade do nosso ensino e também ouvir o que as pessoas têm a dizer. Estamos trabalhando incansavelmente para que possa haver essa melhoria. Por isso determinei ao secretário Mauro que ouvisse as pessoas e assim pudéssemos resolver essa situação. Se tem problemas, vamos encontrar as soluções, porque o governo trabalha para as pessoas”, comentou o governador.

O secretário de Estado da Educação disse que o governador Gladson Cameli mantém firme seu posicionamento de manter sempre o diálogo com todas as categorias.

“Salientamos que não haveria necessidade de greve, visto que as situações estão sendo resolvidas e que os mais prejudicados são os alunos. Um exemplo é o pagamento dos servidores terceirizados. O governo debita na conta da cooperativa o pagamento pelos serviços prestados, mediante entrega de documentos. Por isso, para não prejudicar esses trabalhadores, a Educação negociou junto à PGE o pagamento direto na conta dos cooperados dos meses de dezembro a março”, explicou.

Outra situação que está sendo resolvida por parte do governo é a contratação de novos funcionários. Em reunião no dia 15, com representantes da Monteiro e Soares e servidores, gestores e representantes do Núcleo da SEE, a empresa confirmou que faria substituições de pessoal, bem como novas contratações para postos ainda não preenchidos em virtude de desistências por parte dos próprios trabalhadores da empresa anterior.

Neste aspecto das contratações a Secretaria de Educação não tem qualquer interferência, tendo em vista que o contrato firmado é com a empresa não com os trabalhadores, segundo explicou o secretário.

Na noite de ontem, 20, o Conselho de Gestores das Escolas Públicas Estaduais de Cruzeiro do Sul/AC – COGEP, emitiu um comunicado avisando sobre o retorno das aulas nesta terça-feira, 21.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também