Rio Branco, Acre,





Ensino profissionalizante será oferecido a 100 adolescentes do Instituto Socioeducativo


As aulas serão ministradas por profissionais do Instituto Dom Moacir

ASCOM

Abrir portas para um futuro melhor por meio da qualificação profissional. Pensando nisso, o Governo do Estado do Acre, por meio Instituto Socioeducativo (ISE), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (SEE), realizou, nesta segunda-feira, 13, o lançamento de três cursos profissionalizantes que serão disponibilizados aos socioeducandos das unidades de Rio Branco. 100 adolescentes participarão dos cursos de auxiliar administrativo, corte de cabelo e designer de sobrancelhas.

O evento aconteceu no Centro Socioeducativo Acre, onde foi apresentado aos adolescentes a metodologia, a equipe docente e a carga horária dos cursos. As aulas serão ministradas por profissionais do Instituto Dom Moacir, sendo que corte de cabelo e de designer de sobrancelhas são cursos iniciais ofertados em um total de 40 e 20 horas. Já o curso de auxiliar administrativo terá a carga horária de 120 horas.

A coordenadora do Departamento de Educação, Profissionalização e Tecnologia da SEE, Mara Lima, explicou que a parceria inicia com a oferta de 100 vagas com prospecção para atender mais 50 adolescentes do sistema socioeducativo. “Já estamos em fase de organização do curso de corte e costura e do curso de pintura em tecido para as jovens do Centro Socioeducativo Mocinha Magalhães”, disse.

“Esse momento é um investimento do Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Educação, do Instituto de Assistência e Inclusão Social (IAIS) e do ISE. Hoje nós estamos trabalhando com recursos próprios do estado nessa parceria, com o compromisso que temos com esses jovens que é abrir portas para o mercado de trabalho e melhorar a qualidade de vida”, afirmou a coordenadora.

De acordo com a chefe do Departamento de Ações Socioeducativas do ISE, Manuella Andresen, quando os adolescentes chegam em uma sociedade mais ampla, surgem as dificuldades do mercado de trabalho, mas os cursos oferecidos no ISE auxiliam na direção a ser seguida. “Muitos através desses cursos têm as portas realmente abertas. Nós temos ex socioeducandos que estão concluindo o curso superior porque tiveram em algum momento oportunidade de fazer curso aqui dentro”, ressaltou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também