Rio Branco, Acre,





Senador Marcio Bittar e secretário Rogério Marinho conversaram sobre a Nova Previdência


Tanto o senador como o secretário concordam que é extremamente necessário que o Congresso agilize os trâmites para viabilizar a Reforma

ASCOM

A população brasileira está envelhecendo muito rapidamente e, em pouco tempo, haverá mais gente recebendo benefícios do que pessoas contribuindo para a Previdência. Isso inviabilizará o sistema e ameaçará o pagamento das pensões e aposentadorias.

De acordo com o governo, em 2016, 52,1 milhões de brasileiros contribuíram para a Previdência e havia 33,2 milhões de aposentados. Para cada pessoa que recebia a aposentadoria, havia pouco mais de 1,5 contribuintes. Mas as projeções indicam que, sem a reforma da Previdência, em 2050, o número de contribuintes cairá para 43,9 milhões de pessoas e haverá 61 milhões de aposentados.

Reunião ocorreu nesta sexta/Foto: ascom

Com base nestes números e na realidade financeira do país, o senador e vice-líder do governo Marcio Bittar reuniu-se com seu amigo de longa data, o Secretário da Previdência Rogério Marinho, na manhã desta sexta feira (17 de maio). O diagnóstico é claro e há urgência na aprovação da Reforma da Previdência para que a economia do país volte a permitir investimentos e para que as contas sejam saneadas.

Tanto o senador como o secretário concordam que é extremamente necessário que o Congresso agilize os trâmites para viabilizar a Reforma. O senador colocou-se à disposição do secretário para trabalhar pela aprovação e para angariar mais apoio junto aos parlamentares.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também