Rio Branco, Acre,





Representantes da EBC visitam instalações da comunicação pública do Acre para parcerias



O sistema público de comunicação no Acre recebeu nesta quarta-feira, 17, a visita de representantes da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). David Lopes, gerente de Tecnologia e Interatividades da EBC, e Paulo Moura, da Coordenação da Implantação de Sistemas de Radiodifusão, foram recebidos pela secretária de Comunicação do Acre (Secom), Silvânia Pinheiro, e o presidente da Fundação Aldeia de Comunicação (Funtac), Alderiam Campos.

Juntos, eles visitaram as instalações da TV e Rádio Aldeia, no centro de Rio Branco, conhecendo a história do local, seus equipamentos de transmissão e discutindo propostas para melhoria do sistema, já que a TV no momento se encontra inoperante devido a não conclusão de seu processo de digitalização, cujo prazo expirou ainda em 2018.

Visita ocorreu na última quarta-feira/Foto: ascom

A secretária Silvânia Pinheiro conta que já esteve em Brasília em contanto com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Foi revelado a ela a existência de um fundo para ajudar estados que não tem recursos para a aquisição dos equipamentos de digitalização do sinal. A secretária informou que até a Universidade Federal do Acre (Ufac) tem interesses em uma parceria com a TV Aldeia, com a criação de cursos à distância para comunidades isoladas.

“Mas para tudo que quisermos fazer aqui na TV Aldeia, temos que digitalizar primeiro, temos que concluir esse processo. Achei essa visita dos profissionais da EBC providencial, porque nos primeiros 100 dias do governo já tínhamos feito o diagnóstico para que a TV não se perca. Até mesmo em Brasília nos pediram para que fizéssemos o possível para que a TV Aldeia não seja desligada, dando de vez o viés educativo a ela”, conta Silvânia.

“A TV Aldeia é um direito adquirido do Estado”, disse presidente da Funtac

O gerente de Tecnologia e Interatividades da EBC, David Lopes, conta que todos os parceiros no país estão sendo visitados para melhoria nas relações de trabalho e na cobertura de sinais. Assim, as equipes têm realizado levantamentos técnicos e operacionais dos sistemas público que fazem parte da rede da EBC.

“Todas as questões aqui vão ser levadas para a presidência da EBC, que tomará ciência do estado operacional e técnico e trabalhará para tentar ajudar os parceiros. A gente vê com muita preocupação a TV ainda não estar operando com o sinal digital, ultrapassando o prazo dado ano passado”, destaca David Lopes.

O presidente da Funtac, Alderiam Campos, completa: “A TV Aldeia é um direito adquirido do Estado, com uma história e uma opção educativa sensacional para o Acre. E estávamos de coração partido com as dificuldades e falta de recursos que encontramos ao assumir o governo, mas numa visita como essa, com abertura de propostas, temos uma porta que se abre e é uma porta grande”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também