Rio Branco, Acre,





Prefeitura de Rio Branco busca solução definitiva para problema de buracos, afirma secretária na Câmara


A ação prevista para começar no próximo dia 06 de maio, envolverá 14 equipes nas diversas frentes de serviço tanto na área urbana quanto na rural

LAMLID NOBRE, DO CONTILNET

Os secretários municipais responsáveis pelas ações da “Operação de Verão 2019”, da Prefeitura de Rio Branco, participaram da sessão legislativa na Câmara Municipal desta terça-feira (16) para apresentar aos vereadores detalhes do planejamento estratégico da ação, por meio da qual serão investidos R$ 52 milhões na recuperação da malha viária da Capital, serviços de zeladoria e drenagem.

A ação prevista para começar no próximo dia 06 de maio, envolverá 14 equipes nas diversas frentes de serviço tanto na área urbana quanto na rural e de acordo com a secretária de Planejamento do Município, Janete Santos, a Prefeitura está empenhada em encontrar soluções definitivas para os recorrentes problemas de deterioração das vias da cidade.

Os secretários responsáveis pelas ações da “Operação de Verão 2019”, da Prefeitura de Rio Branco, participaram de sessão na Câmara Municipal desta terça/Foto: Reprodução

“A prefeita Socorro Neri está determinada em resolver o problema dos buracos nas ruas de Rio Branco. Tanto que temos estudado, pesquisado. Ela mesma tem procurado em centros de pesquisa como resolver, como melhorar a qualidade do pavimento paras as nossas ruas. O nosso solo e o nosso asfalto nas vias estão desgastados. A gente tapa os buracos no verão e quando começam as chuvas, abrem de novo. Vamos trabalhar numa solução para fazer o recapeamento completo para não ter problema de infiltração nas próximas chuvas. Não podemos ficar todos os anos só fazendo paliativos e para isso estamos buscando alternativas para melhor atender a nossa população”, enfatizou a secretária.

Além da secretária Janete, atenderam ao convite para a sessão na Câmara, fruto de requerimento do vereador Emerson Jarude (PSL), os secretários municipais de Zeladoria da Cidade (SMZC), Kellyton  Carvalho; de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfra), Marcos Venício; e o diretor da Empresa Municipal de Urbanização (Emurb).

“É um volume significativo de recursos públicos e nós precisávamos saber em que locais, ruas e bairros a Prefeitura vai investir”, justificou Jarude.

A secretária Janete Santos lembrou que todos os anos a Prefeitura faz um planejamento para intensificar os serviços no período de verão amazônico, quando diminuem as chuvas. “Será tapas buracos, zeladoria e sinalização de vias como fizemos ano passado, só que esse ano com mais recursos, será uma operação mais robusta.”, disse ela.

Diagnóstico

Foi apresentado aos vereadores um diagnóstico da situação da cidade segundo o qual os moradores de Rio Branco correspondem a 46 % dos que vivem no Acre. Porém, o município recebe apenas 10% do orçamento do estado. A capital acreana possui 900 quilômetros de malha viária sendo que 600 km são pavimentados. A qualidade desse pavimento, após o forte período de chuva e alguns problemas estruturais históricos – típico de uma cidade que nasceu sem planejamento – são os maiores desafios. Além disso, o orçamento é insuficiente para tantas demandas que precisam da intervenção da Prefeitura.

Em 2018, informaram os secretários, a Prefeitura, durante o verão, realizou trabalhos em 911 ruas de Rio Branco destas, 508 receberam massa asfáltica. Esse ano, a expectativa é, segundo ela, trabalhar ainda mais, aumentando consideravelmente o número de equipes de trabalho e fortalecendo a integração entre os serviços.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também