Rio Branco, Acre,





Operação Tiradentes: mais de 500 policiais e bombeiros nas ruas do Acre por 24 horas


Objetivo é intensificar as ações de segurança pública nos 22 municípios do Acre

SEJUSP

Mais de 500 policiais e bombeiros militares em todo o estado estão nas ruas pelas próximas 24hs em uma missão especial titulada “Operação Tiradentes”. O objetivo é intensificar as ações de segurança pública nos 22 municípios do Acre, de modo a impactar nos índices criminais com abordagens e revistas em pontos estratégicos.

A ação idealizada pelo Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias Militares e Corpo de Bombeiros ocorre em âmbito nacional e foi batizada de “Operação Tiradentes”, em alusão ao patrono das corporações militares do país.

Operação ocorrem em todos os municípios do Acre/Foto: divulgação

No Acre, além do serviço extraordinário, foram direcionados o reforço de policiais do Batalhão Ambiental para a fiscalização em áreas de mata e rios do estado e das companhias especializadas do Batalhão de Operações Especiais. No Calafate, área que passa por um processo de pacificação e combate ao crime, as ações são específicas e vão continuar com policiamento reforçado até que retorne a tranquilidade.

O Corpo de Bombeiros participa dessa operação desenvolvendo ações de prevenção, combate à incêndio, orientações para salvamento, atendimento pré-hospitalar e vistorias.

Operação teve início nesta quarta/Foto: divulgação

“É uma operação a nível nacional e aqui no Acre nos estaremos pelas próximas 24hs realizando policiamento preventivo, ostensivo e todas as modalidades que fazem parte dos serviços que são colocados a disposição da população”, disse o Tenente Coronel Luciano Fonseca da Polícia Militar.

Os resultados das ações desencadeadas em todo o estado serão divulgadas parcialmente as 14h desta quarta-feira (24), em frente ao Palácio de Rio Branco e o resultado oficial na manhã de quinta-feira (25), no Comando Geral da instituição.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também