Rio Branco, Acre,





Mais de 30 foragidos da justiça são presos no Acre durante operação nacional da Polícia Civil


Os presos vão responder pelos crimes de tráfico de drogas, roubo, adulteração veicular e violência doméstica

EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

O secretário de Polícia Civil, delegado Rêmulo Diniz, apresentou à imprensa na manhã desta quarta-feira (24) o resultado da Operação #PC27, deflagrada no Acre e em outros 25 estados do Brasil e Brasília.

Seis presos foram apresentados na 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil/Foto: ContilNet

A ação, comandada pelo Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, foi responsável pela expedição de 32 mandados de prisão em todo o estado, sendo 27 na capital acreana e o restante em Sena Madureira e nas regiões do Envira e Juruá.

A operação prendeu foragidos da justiça que deverão responder pelos crimes de tráfico de drogas, roubo, adulteração veicular e violência doméstica.

Operação ocorreu de forma simultânea nesta quarta/Foto: Sejusp

Seis dos presos na Capital acreana foram apresentados nesta quarta-feira, na terceira regional de Polícia Civil, no Aeroporto Velho.

De acordo com o delegado Robert Alencar, um dos responsáveis pela operação, o objetivo da polícia é enquadrar os foragidos.

“Diante dos crimes que praticaram, o objetivo da polícia é enquadrá-los nas penas que devem cumprir. A operação contou com a participação de centenas de agentes, que contribuíram para o seu sucesso”, explicou.

 

O nome Operação #27 é uma referência à união e padronização de todas as Polícias Civis. Mais de 800 prisões foram realizadas em todo o país.

“É uma compilação de esforços, que visa minimizar um efetivo resultado na redução da violência em todo o país”, destaca o Secretário de Polícia Civil Rêmullo Diniz.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também