Rio Branco, Acre,





Jarude chama ministro Gilmar Mendes de “bandido” e defende investigação do judiciário no país


O vereador voltou a repudiar a atitude do STF e fez um apelo aos parlamentares acreanos

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

O vereador Emerson Jarude (Sem Partido) usou a tribuna da Câmara Municipal de Rio Branco nesta quarta-feira (17) para reafirmar sua opinião em relação ao Ministro Gilmar Mendes, e pedir o apoio dos parlamentares acreanos para que possam investigar o Poder Judiciário.

O vereador usou a tribuna para reafirmar sua opinião em relação ao Ministro Gilmar Mendes e pedir o apoio dos parlamentares acreanos/Foto: Reprodução

Jarude explicou que nesta semana o “desastroso inquérito contra fake news” instaurado pelo presidente do STF, Dias Toffoli, com o ministro Alexandre de Moraes, conseguiu algo inusitado no país, a censura aos sites O Antagonista e Crusoé.

“O STF vem tendo uma conduta bastante suspeita. Chamei o Ministro Gilmar Mendes de bandido e repito, é bandido. Não podemos admitir censura e essa casa tem que se pronunciar de forma oficial”, destacou.

O vereador voltou a repudiar a atitude do STF e fez um apelo aos parlamentares acreanos. “Aprovem a CPI da Lava toga. Temos que fazer um clamor para que essa investigação ocorra e o Poder Judiciário seja investigado, pois a corrupção também está no judiciário”, finalizou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também