Rio Branco, Acre,





Governo apresenta “cemitério de máquinas” desaparecidas na gestão de Tião Viana


Segundo o secretário de produção, Paulo Wadt, as máquinas estavam em áreas de grandes fazendeiros e pecuaristas conhecidos da região.

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Em um evento denominado por aliados do governo como “cemitério de máquinas”, realizado na tarde desta quinta-feira (18), foi apresentado mais de 250 equipamentos, implementos, tratores agrícolas e caminhonetes traçadas recuperados pelo governo, na Zona Rural do Estado do Acre. A Sepa fez questão de mostrar no estacionamento da Arena da Floresta, o estado atual das máquinas nas condições em que foram recolhidas.

Equipamentos recuperados pelo governo/Foto: ContilNet

Segundo o secretário de produção, Paulo Wadt, as máquinas estavam em áreas de grandes fazendeiros e pecuaristas conhecidos da região. “Essas máquinas estavam desaparecidas e foram recuperadas para que sejam de fato utilizadas da maneira correta”, explicou.

O senador Sérgio Petecão (PSD), presente no ato, disse que pensava estar participando de uma entrega de equipamentos novos, no entanto, ao chegar no local, percebeu que se tratava de um “cemitério de máquinas”.

“Que isso sirva de exemplo para que não se repita mais. As máquinas perderam a sua função, que é de servir a quem produz e passou a atender interesses”, destacou Petecão que fez questão de questionar onde estão as mais de 500 máquinas apresentadas no fim de governo de Tião Viana.

Máquinas estavam em áreas de grandes fazendeiros e pecuaristas conhecidos da região/Foto: ContilNet

Na ocasião, Gladson Cameli determinou o imediato recolhimento de todo bem do Estado que estivesse sendo utilizado por terceiros sem o devido termo de cessão. Em janeiro deste ano, também foram feitas algumas apreensões de máquinas e recolhimento de equipamentos, implementos e tratores agrícolas.

O levantamento realizado pela Secretaria de Produção e Agronegócio (Sepa) apontou a localização de máquinas adquiridas em 2012, que estavam desviadas de sua finalidade para a qual foram adquiridas. Paulo informou que ainda faltam recuperar mais de 300 equipamentos que não foram localizados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também