Rio Branco, Acre,





Governador em exercício prestigia formatura de soldados do Exército Brasileiro


SECOM


O governador em exercício, Major Rocha, prestigiou na noite desta quarta-feira, 17, a formatura de 650 recrutas que foram elevados ao posto de soldado do Exército Brasileiro. Os novos militares atuarão no Comando de Fronteira Acre durante um ano. A solenidade realizada na sede do 4° Batalhão de Infantaria de Selva (4° Bis), em Rio Branco, foi em alusão ao dia do Exército Brasileiro, comemorado em 19 de abril e que em 2019 completa 371 anos de criação. Durante o evento, autoridades locais foram condecoradas e homenageadas com medalhas e honrarias militares. Durante sua fala, Rocha lembrou do importante trabalho desempenhado pelo Exército, em especial aquele que é desenvolvido no Acre por ser uma região fronteiriça com outros dois países.

 

Rocha lembrou do importante trabalho desempenhado pelo Exército (Foto: Odair Leal/Secom)

“O Exército está presente, praticamente, em todos os municípios acreanos localizados na fronteira com a Bolívia e o Peru. Temos uma parceira boa do Estado com esta honrada instituição e queremos estreitar ainda mais a nossa relação com as Forças Armadas”, frisou o governador e exercício.

Para o comandante do 4° Bis, tenente-coronel Wellington Costa Prates, a formatura dos novos soldados é a garantia da continuidade das atividades desempenhadas pelo Exército em todo o território acreano. Além da proteção e combate aos crimes transfronteiriços e ambientais, o papel social desempenhado pela instituição militar chega a população que habita os locais mais distantes dos centros urbanos.

“Este evento não só comemora o dia do Exército Brasileiro, mas os feitos em relação a defesa do nosso território e o trabalho que realizamos em prol da sociedade a qual agradecemos por estar participando desta comemoração que realizamos anualmente”, pontuou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também