Rio Branco, Acre,





Funcionários buscam apoio dos parlamentares para que Emater não seja extinta pelo governo


O líder do governo, Gehlen Diniz (Progressistas), garantiu que o Estado buscará uma solução

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Cerca de 50 servidores da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), estiveram na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira (23) para pedir os deputados intervenham, junto ao governo, para que o órgão não seja extinto na nova reforma administrativa.

“Se acabar 80% da produção agrícola não vai mais às mesas do consumidor acreano”, destacou o funcionário Carlos Alves, de 50 anos.

Reunião ocorreu nesta terça-feira/Foto: Juan Diaz

De acordo com a servidora Sônia Abreu, no Acre existem mais de 197 funcionários trabalhado de forma ativa. “Só queremos ajuda para a empresa não ser extinta”, explicou.

O líder do governo, Gehlen Diniz (Progressistas) garantiu que a Emater não será extinta pelo governo e reforçou o apoio da bancada federal do Acre. “O governo vai corrigir esse erro mudando a legislação para modificarmos essa situação”, declarou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também