Rio Branco, Acre,





Festa na favela! Flamengo vence Vasco outra vez e é campeão carioca de 2019


Rubro-negro bate o rival pelo mesmo placar do primeiro jogo (2x0) e conquista o estadual pela 35ª vez em sua história

IG

O Flamengo voltou a derrotar o Vasco por 2 a 0, neste domingo (21), no estádio do Maracanã, e sagrou-se campeão carioca de 2019 . Com autoridade, o time de maior investimento do Rio de Janeiro e um dos maiores do Brasil repetiu o placar do primeiro jogo para conquistar o 35º título estadual de sua história, ampliando a vantagem sobre o Fluminense, segundo maior vencedor com 31.

Os gols do Flamengo foram marcados por Willian Arão, aos 15 minutos do primeiro tempo, e Vitinho, aos 37 do segundo. Ainda teve tempo de Gabriel também balançar as redes, mas, por estar impedido, foi anulado pelo árbitro de vídeo. “Festa na favela” para os milhares de flamenguistas presentes no Maracanã e outros milhões ao redor do mundo.

Como foi o jogo

Apesar de ter vencido a primeira partida por 2 a 0, o Flamengo foi pra cima logo no início da partida e Arrascaeta teve a primeira chance com um minuto, mas Fernando Miguel defendeu. O Vasco respondeu aos oito minutos com Marrony. O atacante finalizou da entrada da área e a bola passou raspando no travessão.

A insistência do Flamengo deu certo e aos 15 minutos, após cruzamento de Arrascaeta, Willian Arão ganhou da zaga vascaína no alto e cabeceou firme para abrir o placar no Maracanã. Fernando Miguel nem chegou a pular na bola.

Aos 27, Diego puxou contra-ataque e passou para Gabriel. O atacante, na ponta esquerda, bateu quase sem ângulo, mas obrigou o arqueiro cruzmaltino a fazer boa defesa. Um minuto depois foi a vez do camisa 9 flamenguista servir o 10. Outra vez Fernando Miguel defendeu.

Jogadores do Flamengo comemoram com Arão o gol diante do Vasco/Foto: Delmiro Junior/Photo Premium/Agencia O Globo

Em escanteio ensaiado aos 30, o Flamengo voltou a assustar com Renê, que finalizou forte, mas mandou na rede pelo lado de fora. Três minutos depois, Pikachu finalizou após rebote de Diego Alves e Renê salvou dentro da pequena área. Logo em seguida, Lucas Santos fez boa jogada e passou para Lucas Mineiro, mas o volante desperdiçou.

Com 39 minutos jogados na primeira etapa, Lucas Santos recebeu passe de Marrony e finalizou com perigo, quase empatando a partida.

No segundo tempo, o Vasco impôs uma pequena blitz e teve três boas chances desperdiçadas, com Marrony, Maxi López e Raúl. Aos oito, Renê salvou uma bola que deixaria Pikachu na cara de Diego Alves. Aos 12, Diego fez boa jogada e tentou o passe para Gabriel , que se esticou, mas não alcançou.

Aos 14 minutos, Gabigol recebeu bom passe de Arrascaeta, entrou na área, driblou Fernando Miguel e mandou para o gol. Após comemorar com a torcida e companheiros, o lance foi analisado pelo árbitro de vídeo e anulado, pois o camisa 9 esatava impedido.

O Vasco tentou ao menos igualar o placar aos 20 minutos, quando Bruno César cruzou pela esquerda e Maxi López desviou. A bola tinha endereço certo, mas Diego Alves foi nela e fez grande defesa. Cinco minutos depois, Gabriel chutou novamente do lado esquerdo, mas a bola bateu na trave e saiu.

Aos 37 minutos, o Flamengo sacramentou sua conquista. Vitinho arrancou em velocidade e Diego deu bela assistência. O atacante avançou e finalizou com frieza para ampliar o placar e fazer explodir o Maracanã de maioria rubro-negra. Aos 40 minutos, Danilo Barcelos cobrou falta e acertou o travessão. Aos 46 minutos, o árbitro encerrou a partida para festa rubro-negra.

Além do Flamengo , outros muitos times fizeram a festa pelo Brasil. O Corinthians foi campeão em São Paulo; no Ceará, o Fortaleza levantou o troféu; em Pernambuco, a festa foi do Sport; o Avaí foi campeão catarinense; no Paraná, deu Athletico; o Bahia venceu o Baiano; o Atlético-GO levantou a taça em Goiás; e o CSA em Alagoas. Antes, Grêmio e Cruzeiro também já haviam sido campeões em seus estados.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também