Rio Branco, Acre,





Assassinos que usam moto para os crimes fazem mais uma vítima em Rio Branco


Vitima foi alvejada quando estava em frente à sua casa, no Conjunto Esperança. Bandidos já chegaram atirando, no mesmo padrão das matanças que fazem do Acre um dos estados mais violentos do país

TIÃO MAIA, DO CONTILNET

Assassinos que agem de forma padronizada – dois homens em uma moto, ambos de capacete, e com o da garupa fazendo disparos com armas de fogo – fizeram mais uma vítima nesta sexta-feira (19), dia reservado à memória da crucifica de Jesus Cristo. A vítima desta vez foi Paulo Nogueira Lopes Pereira, de 23 anos, que foi morto no Conjunto esperança, em Rio Branco (AC).

Paulo Nogueira Lopes Pereira, de 23 anos, que foi morto nesta sexta-feira (19)/Foto: reprodução

Informações repassadas por testemunhas à polícia dão conta de que a vítima estava em frente à sua casa, na rua Álvaro Inácio, no Esperança, quando os dois homens em uma moto se aproximaram e o da garupa começou a fazer os disparos. Foram pelo menos sete tiros, um dos quais atingiu Paulo Nogueira de forma mortal.

Testemunhas disseram que ele ainda tentou escapar, correndo rumo a um terreno baldio das imediações mas não foi muito longe: caiu, sem vida. Os acusados fugiram na moto em alta velocidade, para rumo ignorado pelas testemunhas. Técnicos e peritos do IMl (Instituto Médico Legal) estiveram no local.

Técnicos e peritos do IMl estiveram no local para fazer a remoção do corpo/Foto: reprodução

Trabalha a polícia com informações de que Paulo Nogueira foi mais uma vítima da guerra entre as chamadas facções, embora não haja informações se ele pertencia ou a não a um grupo criminoso. É por causa de crimes assim que o Acre entrou para a lista de o Estado proporcionalmente mais violento do país.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também