Rio Branco, Acre,





Acreanos esperam meses para serem atendidos por consulado italiano


Consulado italiano em SP faz atendimento por WhatsApp e cria espera gigante

TON LINDOSO, DO CONTILNET

“Desde que o Consulado da Itália em São Paulo mudou o sistema para solicitação e renovação de passaporte de cidadãos italianos na capital, conseguir o documento se transformou em uma missão cheia de percalços e esperas”. O trecho é de uma denúncia do UOL.

De acordo com o site, começa por ser necessário fazer uma chamada em vídeo pelo aplicativo WhatsApp para um dos dois telefones disponibilizados pela missão diplomática italiana. O horário é restrito ao período entre as 8h30 e as 13h30, em dias úteis. Há relatos de pessoas que tentam há meses ser atendidas, sem sucesso.

Consulado em São Paulo é o que tem maior demanda no Brasil/Foto: UOL

Segundo o site, o consulado em São Paulo é o que tem maior demanda no Brasil, já que também atende cidadãos italianos dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Acre. “Hoje temos aqui 250 mil cidadãos italianos cadastrados e 200 mil pedidos de cidadania em processo. É a maior demanda de consulados no país. E o nosso prazo para emissão de cidadania é de 12 anos”, explica o cônsul italiano em São Paulo, Filippo La Rosa.

A medida começou a ser aplicada somente no consulado em São Paulo no fim de novembro. Foi feita para facilitar o procedimento para quem quer tirar um novo passaporte ou renovar o antigo. Por meio da videochamada, um operador do consulado faria a checagem da identidade dos cidadãos italianos –incluindo brasileiros com cidadania italiana– e dos documentos necessários. Até quatro pessoas da mesma família poderiam aproveitar a chamada, entre cônjuges e filhos menores –filhos com mais de 18 anos precisam fazer a própria videochamada.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também