Rio Branco, Acre,





Mulher internada há 12 dias no Huerb ainda não teve doença diagnosticada


Secretário Alysson Bestene se sensibilizou com o caso e afirmou que cobrará providência da direção do hospital

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Elizabete Albuquerque da Silva, de 48 anos, deu entrada no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), no início de março, com fortes dores e inchaço na região do abdômen, o que poderia ser confundido com uma gravidez. Segundo familiares da paciente, Elizabete não teve atendimento adequado por falta de leito na unidade de saúde.

A irmã dela, Eurinete Albuquerque, revelou que o estado de Elizabete é grave, pois a barriga dela está muito inchada e aumentando cada vez mais. “Desde que foi internada, nem leito arrumaram para ela. Minha irmã estava recebendo atendimento em uma cadeira”, denunciou.

O que mais revolta a irmã é o fato de Elizabete ainda não ter tido a doença revelada pelos profissionais do Huerb. “Até agora a gente não sabe a causa (da doença) que está levando ela à morte, pois o descaso é muito grande”, afirmou.

Falta de um especialista retarda diagnóstico sobre a enfermidade de Elizabete/Foto: cedida

Elizabete já fez inúmeros exames por meio do quais se tenta chegar ao diagnóstico preciso, e assim poder se iniciar o tratamento adequado. Mas, segundo a família, faltam médicos especialistas para analisar os exames que podem identificar o problema. “Foi feita uma tomografia, mas até o momento nenhum médico veio fazer a análise”, assegurou a irmã da paciente.

O caso da paciente está se agravando ainda mais, o que obrigou sua transferência para a unidade de tratamento semi-intensivo do hospital. “Ela não está mais falando, se encontra entubada. Agora só Deus para salvar ela”, desabafou Eurinete

Resposta da saúde do Acre

Alysson promete providências/Foto: reprodução

Em contato com o secretário de Saúde do Estado do Acre, Alysson Bestene, ele se mostrou sensibilizado com o caso e prometeu buscar, junto à direção do Huerb, providências para solucionar o problema de Elizabete.

“Vou verificar o leito dela e falar com a direção para que se tomem os devidos encaminhamentos”, asseverou o secretário.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também