Rio Branco, Acre,





Dezenove mil clientes são cadastrados na Tarifa Social pela Eletroacre


Distribuidora procura por mais clientes que podem ter direito ao desconto na conta de energia e não sabem


Cerca de 19 mil clientes foram cadastrados na Tarifa Social de Energia Elétrica no estado do Acre somente no mês de fevereiro de 2019. A partir do próximo mês, eles poderão ter até 65% de desconto na tarifa da próxima conta de luz, dependendo da faixa de consumo.

Esses clientes foram identificados como potenciais beneficiários pela Eletroacre após cruzamento de informações do banco de dados da concessionária com os inscritos no CadÚnico, do Ministério do Desenvolvimento Social. A distribuidora agora quer localizar mais clientes que podem receber o benefício.

A Tarifa Social de Energia Elétrica é um projeto social que dá descontos na conta de luz para quem atendem os pré-requisitos do programa federal. O desconto ocorre da seguinte maneira:

Têm direito ao benefício famílias inscritas em qualquer programa social do governo federal com renda familiar, por pessoa, de até R$ 500. Se encaixa nesse critério, por exemplo, uma família formada por um casal e dois filhos, em que o pai e a mãe ganham um salário mínimo cada.

Se o cliente não for cadastrado no programa social, ele deve procurar a prefeitura da sua cidade. Com o Número de Inscrição Social (NIS) em mãos, ele deve fazer o cadastro nas agências de atendimento da Eletroacre, apresentando também a fatura de energia quitada.

“A tarifa de baixa renda é válida para unidade consumidora habitada por família inscrita no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal). É muito importante que o cliente verifique se atende aos pré-requisitos. Muita gente pode ter o direito de ter uma conta até 65% mais baixa e não sabe”, afirma Ricardo Xavier, Diretor Técnico e Comercial da Eletroacre.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também