Rio Branco, Acre,





Deputados recebem cooperados que estão há mais de três meses com salários atrasados no Acre


Após a sessão, os parlamentares receberam os cooperados na sala de reuniões para buscarem um meio de solucionar o caso

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

O servidores terceirizados da Cooperativa de Serviços Gerais (Coopserge) buscaram a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta quarta-feira (13) para denunciar aos parlamentares que estão há mais de três meses sem receber por conta do atraso no repasse por parte do governo estadual. O objetivo do encontro foi buscar apoio dos deputados para intercederem junto ao Executivo acreano.

Os servidores dizem que o governo não paga os salários por falta de uma certidão que não foi quitada, devido a falta de saldo nas contas da cooperativa.

Cooperados na Aleac/Foto: Reprodução

Na empresa existem mais de 900 servidores que estão com as contas em atraso. Segundo Manoel Santos, de 40 anos, a situação está caótica. “As pessoas estão sem dinheiro, contas atrasadas, sem alimentação”, reclamou.

Sérgio Roberto disse que alguns servidores não estão tendo condições de ir até o trabalho. “O nosso desejo é que esse povo receba”, explicou.

Os deputados estaduais Fagner Calegario (PV), Edvaldo Magalhães (PCdoB) e o líder do governo, Gehlen Diniz (Progressistas), saíram em defesas dos trabalhadores.

“Os trabalhadores procuraram o local certo para buscar as soluções”, disse.

Após a sessão, os parlamentares receberam os cooperados na sala de reuniões para buscarem um meio de solucionar o caso.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também