Rio Branco, Acre,





Gerente da Gazin reconhece crise, mas nega demissão em massa no Acre


Apesar das dificuldades econômicas, a Gazin investiu mais de R$ 500 mil em reforma de uma das lojas no Acre

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Após denúncias recebidas na manhã desta segunda-feira (25), de uma possível demissão em massa de mais de 70 funcionários nas lojas Moveis Gazin do estado do Acre. A reportagem do ContilNet procurou a gerência da loja para esclarecer a situação.

Loja Gazin, no centro de Rio Branco?Foto: ContilNet

A Gazin, uma das maiores redes do estado e do Brasil, também acena para a possibilidade de uma redução no quadro de funcionários, é o que garantem servidores do local. “Existe a possibilidade da Gazin demitir mais de 70 funcionários de uma única vez. Foi o que fiquei sabendo semana passada”, ressaltou um dos funcionários.

Gerônimo Borges/Foto: ContilNet

No entanto, em contato com o gerente de uma das lojas em Rio Branco, Gerônimo Borges, de 57 anos, os boatos de demissão na loja, são inverídicos, tendo em vista que, segundo ele, a loja está bem posicionada no mercado acreano. Porém, ele alertou a preocupação com a economia brasileira, bem como a crise financeira no estado.

“A gente não divulga isso com antecedência, a gente trabalha com planejamento, para que os resultados aconteçam”, ponderou.

Gerônimo reafirmou que a Gazin vem fazendo um grande investimento no estado. “Recentemente, investimos mais de R$ 500 mil em uma reforma de modernização da loja”, salientou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também