Rio Branco, Acre,





Após polêmica, petista tem nomeação revogada por Gladson; outros devem ser exonerados


Interlocutores afirmam que outros nomes devem entrar na mira de Cameli

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Segundo interlocutores de Gladson Cameli (Progressistas), o governador do Acre teria anunciado a seus aliados, na manhã desta segunda-feira (25), que vai revogar todos os decretos dos petistas que foram nomeados em sua gestão por meio de indicações políticas, seja dos secretários ou dos parlamentares da base aliada.

Segundo informações repassadas ao ContilNet por um dos membros do alto cúpula governamental, essa foi uma determinação do próprio governador à sua equipe, por meio de mensagem de texto. “Peço a compreensão de todos, mas quero dizer que os petistas que foram nomeados e que tiveram repercussão negativa por conta de envolvimento com corrupção e perseguição aos servidores públicos, esses vão ser exonerados”, teria declarado Cameli à sua equipe.

PRIMEIRA REVOGAÇÃO

E ao que tudo indica, Gladson já começou o pente fino no governo, tanto foi emitido nesta segunda o decreto n° 1.057, tornando sem efeito, o decreto n° 887, referente à nomeação de Josinete Gomes dos Santos Brasil, que havia sido nomeada na última sexta-feira (22), com uma CEC-6, para exercer cargo em comissão na Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre).

Ainda de acordo com informações de bastidores, o governador inclusive já pediu a lista aos aliados, com os nomes que deverão substituir os petistas que venham a ser exonerados. “Ele deu um prazo, disse que até sexta-feira (1) vai revogar todos esses decretos e os aliados devem apresentar alternativas”, declarou o interlocutor.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também