Rio Branco, Acre,





Segunda-feira com tempo instável e chuvas em algumas áreas no Acre, segundo Friale


Chove em Rondônia, Amazonas, Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal

TON LINDOSO, DO CONTILNET

A semana começa com possibilidade de chuvas. De acordo com Davi Friale, a previsão do tempo para esta segunda-feira (14) para Acre, Rondônia, Amazonas, Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal, Peru (selva e Andes orientais) e Bolívia (planícies e Andes orientais) é “possibilidade de ocorrência, em algumas áreas, de chuvas intensas, podendo causar alguns transtornos à população”.

“O calor típico do verão e a incursão de ar úmido do Atlântico deixam o tempo instável, com chuvas pontuais a qualquer hora, principalmente na parte da tarde, em áreas do Acre, de Rondônia, do Amazonas, de Mato Grosso, de Goiás, do Distrito Federal, da Bolívia e do Peru. Em alguns pontos, ocorrem chuvas fortes, com raios e ventanias”, explica.

Para os próximos dias, no Acre, a previsão é de instabilidade. “Pelo menos até o dia 18 de janeiro, o tempo fica muito instável, com chuvas diárias. Em alguns dias, ocorrerão chuvas intensas, deixando o tempo fechado, com temperatura amena, em vários pontos da região”, conclui.

Temperaturas:

– Rio Branco, Senador Guiomard, Bujari e Porto Acre, mínima, entre 22 e 24ºC, e máxima, entre 28 e 30ºC;

– Sena Madureira e Manuel Urbano, mínima, entre 22 e 24ºC, e máxima, entre 28 e 30ºC;

– Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil, Xapuri e Capixaba, mínima, entre 21 e 23ºC, e máxima, entre 26 e 28ºC;

– Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves e Porto Walter, mínima, entre 21 e 23ºC, e máxima, entre 29 e 31ºC;

– Marechal Thaumaturgo e Jordão, mínima, entre 21 e 23ºC, e máxima, entre 29 e 31ºC;

– Tarauacá, Feijó e Santa Rosa do Purus, mínima, entre 22 e 24ºC, e máxima, entre 29 e 31ºC;

– Acrelândia e Plácido de Castro, mínima, entre 22 e 24ºC, e máxima, entre 28 e 30ºC.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também