Rio Branco, Acre,





Ponte do Rio Madeira deve ser inaugurada até agosto, garante Gladson Cameli


Atualmente, quase 90% da construção estão concluídas

WESLEY MORAES, SECOM

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, confirmou a inauguração da ponte sobre o Rio Madeira, em Rondônia, para o início do segundo semestre de 2019. A conclusão da obra liga o estado, de uma vez por todas, com as demais regiões do país.

“A ponte do Madeira será inaugurada até agosto, no máximo. Muitos acreditavam que essa ponte não sairia do papel, mas se enganaram. Essa obra é um sonho antigo dos acreanos e, hoje, já é uma realidade”, afirmou Cameli.

Gladson Cameli lembra do esforço pessoal, quando exercia o cargo de senador da República, para garantir os recursos necessários para a obra não parar. Atualmente, quase 90% da construção estão concluídas

Ponte deve ficar pronta até agosto/Foto: reprodução

“Travamos uma guerra em Brasília. Eu ia de ministério em ministério garantir que a ponte não ficasse parada e mesmo diante da crise que o Brasil enfrenta, conseguimos os recursos e as obras continuaram”, comenta.

Desde a abertura da BR-364, entre Rio Branco e Porto Velho (RO), a travessia sobre o Rio Madeira, na região do distrito de Abunã (RO), é feita por balsas. O trajeto entre as margens do rio leva, em média, meia hora. Porém, em momentos mais críticos do ano, como nos períodos de cheia e seca, o tempo para fazer o mesmo percurso é superior à uma hora.

Com a conclusão da ponte, será possível romper o Madeira em poucos segundos. Além disso, não será mais necessário o pagamento de uma taxa para atravessar o rio. Atualmente, o valor cobrado para uma carreta bitrem carregada é de R$ 149. Economia de tempo e dinheiro.

Balsa que faz a travessia de carros e caminhões deve ser desativada em breve, com o término das obras da ponte sobre o rio Madeira (Foto: Odair Leal/Secom)

O caminhoneiro Francisco Pereira faz o transporte de cargas para o Acre há 18 anos. Ele acompanha a evolução da obra a cada travessia. Francisco comemora, entusiasmado, a fase final da construção.

“Só Deus sabe as humilhações que já passamos aqui nessa balsa. Já fiquei mais de um dia esperando para atravessar. Com a ponte, será uma maravilha, eu estou contando os dias para a obra terminar e vou fazer de tudo para ser um dos primeiros a atravessar essa ponte”, afirma, empolgado, o caminhoneiro.

Com pouco mais de um quilômetro de extensão, a ponte sobre o Rio Madeira é uma das maiores e mais modernas obras de engenheira executadas na Amazônia. O investimento total é de R$ 148 milhões. A construção está sob a responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit/RO).
Elevação da BR 364

Os trechos alagados da BR 364 durante a cheia histórica do Rio Madeira, em 2014, estão sendo elevados. Aproximadamente, 16 quilômetros já foram suspensos. Os serviços são executados por uma empresa contrata pela concessionária que administra a hidrelétrica de Jirau.

As obras se concentram na região da antiga vila Mutum-Paraná (RO). Durante a enchente, o nível da água ficou 1,5 metros acima da única rodovia que liga o Acre as demais regiões do país.

O governador Gladson Cameli acompanha de perto as obras de elevação do nível da BR 364. A previsão é que o serviço seja concluído até o próximo mês de abril.

“A elevação da pista é a garantia que o Acre não ficará mais isolado, por terra. A nossa parte fizemos, que foi cobrar o levantamento da pista. Como governador, determinei ao Corpo de Bombeiros fazer o monitoramento constante do nível do Rio Madeira para não sermos pegos de surpresa”, concluiu Cameli.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também