Rio Branco, Acre,





Petecão quer presidência do Senado e deve enfrentar concorrentes dentro do próprio partido, diz imprensa nacional


Foi o líder do PSD no Senado, Otto Alencar, que afirmou que Sérgio Petecão, que acabou de ser reeleito pelo Acre, manifestou desejo de ser presidente da casa

TON LINDOSO, DO CONTILNET

As questões relacionadas às eleições estão longe de acabar. No Senado, o senador reeleito Sérgio Petecão deve travar uma boa luta caso queira assumir a presidência da casa. De acordo com o futuro líder do PSD no Senado Otto Alencar, em declaração a sites nacionais, Petecão manifestou o desejo de ser postulante ao comando da Câmara Alta do Congresso Nacional.

O problema é que, dentro do próprio partido, também tem gente querendo a disputada cadeira: um site bahiano afirmou que um senador de lá, Angelo Coronel, está disposto a ser presidente da casa. Os dois terão adversários – no mínimo – no MDB (Renan Calheiros), PSDB (Tasso Jereissati) e DEM (Davi Alcolumbre).

Reprodução

Otto, em declaração a um site da Bahia, ‘puxou a sardinha’ para o lado de seu companheiro, afirmando que o coronel tem mais chances que Petecão para ocupar a cadeira. “Não existe dentro do PSD unidade nem para Coronel nem para Petecão, mas Coronel está bem mais forte, do ponto de vista das articulações”, afirmou o presidente do PSD na Bahia.

A bancada deve, de acordo com Otto, decidir em janeiro a questão e outras estratégias, como a questão da presidência na Câmara Federal.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também