Rio Branco, Acre,





Governo acaba com plantão adicional na Saúde e sindicato comemora decisão


A medida foi adotada na gestão de Tião Viana e trazia  sérios transtornos aos trabalhadores, afetando, em especial, sua  qualidade de vida

ASCOM SINTESAC

Após muita reivindicações feita pela diretoria do Sindicato dos  Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac), juntamente com os demais sindicatos, o governo recém-empossado de Gladson Cameli decidiu acabar  com o plantão adicional a que todo servidor era obrigado a cumprir nos meses com 31 dias. A medida foi adotada na gestão de Tião Viana e trazia  sérios transtornos aos trabalhadores, afetando, em especial, sua
qualidade de vida.

SindIcato comemorou decisão/Foto: ascom

A extinção desta obrigatoriedade foi acatada pelo novo secretário da  Saúde, Alysson Bestene. Outras pautas que serão abordadas de forma mais democrática com a nova gestão serão a regularização do Pró-Saúde e a
reformulação do Plano de Cargos, Carreira e Renumeração (PCCR) de toda a  categoria.

“Parabenizo o secretário de Saúde pela postura diferenciada e  cooperativa, e a todos os sindicatos pela união, como o SINDCONAM,  SINDIFAC, SPATE, SINODONTO, SINDBIOMED, radiologia, laboratórios”, diz o presidente do Sintesac, Adailton Cruz.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também