Rio Branco, Acre,





Construído para fins terapêuticos, Lago do Amor se transforma em point de baderneiros, denuncia jornalista


Wilhamis França pediu ao comandante da Polícia Militar fiscalização no local para acabar com a ação dos arruaceiros

KLEBER BARROS, PARA CONTILNET

Construído a peso de ouro pelo governo do estado com fins terapêuticos, o chamado Lago do Amor, localizado entre a Chácara Ipê, onde reside o governador Tião Viana, e o conjunto Tucumã, se transformou no point de baderneiros, que todas as noites se reúnem no local para ingerir bebidas alcóolicas e usar drogas.

A denúncia, em tom de desabafo, foi feita na manhã deste domingo pelo jornalista Wilhamis França, que reside nas proximidades do famoso logradouro público, em vídeo postado na Internet. Indignado com a situação, o denunciante pediu a atenção do comandante da PMAC, coronel Marcos Kimpara, para acabar com a farra dos arruaceiros.

“Está (a bagunça) acontecendo todas as noites. Ontem, eu passei por aqui, às duas horas da manhã, e estava a maior baderna”, queixou-se França, mostrando o grande acúmulo de lixo (garrafas de bebidas quebradas, papeis utilizados para embalar drogas, bitucas de cigarros, etc) deixado no local pelos baderneiros, a maioria jovens.

Revoltado com o que considera um descaso, França afirma no vídeo que gravou no local que vai fiscalizar a ação dos arruaceiros, fazendo lives, gravando vídeos e até mesmo ligando para o número 190 quando a situação assim exigir. “São pessoas que não sabem frequentar local público e a gente não pode deixar isso banalizar”, concluiu.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também